julho 22, 2009

VAMOS LARGAR A ARCA DE NOÉ

O post com maior número de comentários deste blog é o FIM DE NAMORO. Claro. Terminar dói, mata um pedaço da gente, faz a gente procurar por apoio, por companhia. Mas, recentemente, tenho me perguntado por que é que diabos nós – uma geração para quem o divórcio já é algo normal, para quem o casamento não pesa tanto, pelo menos, na condição de instituição – continuamos tão vidrados na vida a dois.

Não quero, com esse comentário, desprezar o casamento e os relacionamentos em geral. Claro que não. A conexão física e emocional com uma outra pessoa é uma delícia, nos faz sentir satisfeitos com a vida, completos...quando dá certo. Mas a verdade é que vejo por aí, casais e mais casais, e, principalmente, mulheres e mais mulheres, sofrendo, se martirizando por um relacionamento que simplesmente não dá mais certo. Lágrimas intermináveis por namoros que não as fazem mais feliz!

Vale a pena investir numa relação? Claro! Estamos na vida para apostar nossas fichas, seja numa profissão, seja num investimento, seja numa relação. Porém, temos sido negligentes com outro tipo de relação. A amizade.

Um (a) namorado(a) nos dá apoio. Ele ou ela pode até se esforçar para nos compreender. Mas sempre há limitações. Limitações que, muitas vezes, são mais facilmente transpostas na amizade. Porque com amigos, não temos o encargo da sedução, do mistério, dos limites. Os amigos são nossos espelhos mais verdadeiros. São eles que, normalmente, nos apóiam antes e depois de um relacionamento. São eles que catam do chão nossos caquinhos quando algo dá errado. São eles que compartilham nossas alegrias e tristezas, estejamos num relacionamento ou não.

Eu desejo a todos um namoro saudável, feliz, mas desejo ainda mais uma amizade verdadeira. Pois é a amizade que nos faz enxergar o próprio crescimento em meio à adversidade. É a amizade que nos dá a bronca no momento necessário.

Podemos todos investir na 'dupla', mas não esqueçamos dos amigos, nossos espelhos, nossas bases. Vamos sair da Arca de Noé e parar de achar que só seremos completos através de uma outra única pessoa. Vamos enxergar aqueles ao nosso redor, que nos completam sem reconhecimento, muitas vezes, sem mesmo consciência de sua importância.

Feliz dia do amigo (atrasado, foi segunda, dia 20/07) a todos esses meus 'pilares'. Vocês são minha força, meu porto seguro e não há nenhuma metade que me complete mais do que um décimo de vocês. Beijos.

foto:http://www.popa.com.br/humor/outras/arca_de_noe.gif