julho 01, 2006

A COPA ME DESESPERA...

Todo ano de Copa do Mundo é mesma coisa... Eu juro a mim mesma que não vou me importar, que não vou ter expectativas, nem me desesperar.
Mas não tem jeito. Brasileiro é f****. Parece que a gente é contaminado de 4 em 4 anos pelo vírus do futebol.
Meus argumentos racionais são ótimos: o capitalismo acabou com o esporte, os resultados são comprados, os jogadores ganham milhões de euros, e eu não, então eu tenho coisas mais importantes com as quais me preocupar. Mas não tem jeito.
Toda vez eu me desespero, eu me importo, eu tenho expectativas. E começo a odiar outras nações. Abalou a seleção, eu odeio. Me dá vontade de chorar, de conversar com cada jogador e com o técnico e falar que eles fuderam minha vida (poupar o f**** e depois falar "fuderam" é f***!), que eles fizeram com que eu me importasse. Ai, que raiva. Não sei se tenho mais raiva dos perigos dos jogos ou de ficar tão abalada.
Toda vez eu penso "porquê?". Também não sei. Eles não estão nem aí pra mim, por que diabos vou me importar com a performance deles? Mas me importo. Odeio isso. De novo, não consigo ser blasé.
E agora eu espero. Durante o jogo contra a França - um país que eu costumava gostar - eu fico esperando a seleção mostrar que brasileiro não tem que "abrir as pernas" o tempo todo. O problema é que a gente sempre abre. Através do governo, através da seleção, através de nós mesmos a cada vacilo.
Que raiva de sentir tanta raiva por algo que eu não queria que me afetasse, mas me afeta. Odeio a Copa.

Nenhum comentário: